Pag. 30 | Nem porno, nem filmes românticos... Qual deles o pior!!



Nos filmes pornográficos tudo é mecânico, super-rápido, todas as ideias esquizofrénicas são super-prazerosas. Nos filmes românticos o casal olha-se, dá uns beijos quentes, arranca-se a roupa como se não houvesse amanhã e a mulher chega num ápice ao clímax, ou chegam em simultâneo, tudo é fácil...Confessemos completamente irreal!!!

Nos filmes todas as nuances da sexualidade são centradas na penetração...só ela conta como sexo! Pensem lá quando vos perguntam se fizeram sexo, qual a actividade que vos vem à cabeça?

Sexualidade, sexo e orgasmo não estão só nos genitais!! Vivemos numa sociedade coitocentrista, em que o foco das relações sexuais são a penetração e que dita o fim é o orgasmo. Se não há penetração estamos mal, e se não há orgasmo ficamos frustados. Os filmes têm uma grande participação nesta construção social...


A questão é que para algumas pessoas o que se passa nos filmes pode ser as referências que têm em conta quando comparam as suas intimidades com o que é supostamente normal... como ainda não se fala abertamente de sexualidade, perceber o que é "normal" pode ser difícil!!

O que me preocupa é que os nossos jovens têm um acesso cada vez mais facilitado a pornografia, e vão ter estas práticas como padrão. Vão pensar que sexo é aquilo que vêm. Vão procurar comporta-se como tal, e pensam que o prazer é assim, têm dificuldade em distinguir a ficção da realidade...Este é um caminho para mulheres muito, muito insatisfeitas e que respeitam cada vez menos o seu corpo. Os meninos e meninas começam a ver pornografia muito antes de saberem o que é consentimento...

Aqui os pais têm um papel muito importante de educar sobre o que é o sexo, o que é a Sexualidade e o Prazer...Sim, são os pais que vão edificar incessantemente nos filhos o amor-próprio, explicar o que é o consentimento, e ensinar como usufruir do corpo com prazer e liberdade...


Agora... quem já reparou que em cenas românticas ou pornográficas, não existe dificuldade em tirar a roupa...ninguém cai da cama, ninguém tem falta de elasticidade para certas artes acrobáticas...Não existem filhos a interromper e nós a inventar maroscas para disfarçar qualquer coisinha...

Não existem pêlos na boca...não existe uma boa gargalhada!! Não existem marcas de lingerie, nem meias calçadas...não existem borbulhas no rabiosque ou pelos nas pernas...não existe espaço para a vergonha e timidez...para estrias ou marcas no corpo...para barriguinhas mais volumosas e celulite...

Não existe espaço para lubrificantes e para colocar o preservativo, dor na penetração ou vaginismo, dificuldades na erecção...enfim também não existem orgasmos verdadeiros com todas as suas magnificas expressões!!!


Filmes são filmes, são fantasia...mas podem acabar por criar em nós expectativas irreais de como são as relações, e o que esperar delas, sobre o que é o prazer e como chegar lá!! Pode limitar a vivência da sexualidade e como obter prazer real de mil e tantas maneiras...


Não te reprimas de viver igual a ti própria, se dá prazer, está tudo magnificamente bem!! se não dá prazer... podes procurar ajuda...

Filmes há muitos... e formas de obter prazer e satisfação também...


Com carinho

A vossa Fisioterapeuta do pipi

Ana Carina Portugal



22 visualizações

FISIOHANDME

Praceta José Regio, nº4 | Setúbal

 

fisiohandme@gmail.com 

 

 934843072

  • Fisiohandme Instagram
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - Grey Circle