Pag. 25 | Que coisa é esta?! algo com feição de bola está a sair pela minha vagina...



Querido Diário


Um prolapso pode ser das coisas mais desesperantes na vida de uma vagina...uma sensação que não dá descanso, que faz perder a calma, faz gritar ao vento quero que isto passe! Quero a minha vagina e o meu sossego de volta...


Das mulheres que me chegam com prolapso, todas têm em comum a irritação que esta sensação provoca. Com os nervos à flor da pele, procuram alguém que as ajude...e depressa!!


Porque será que este útero afoito não gosta mais de morar em mim, está tão desesperado para sair?! Porque a descarada bexiga ou o destemido recto procuram outros caminhos? os antigos chamavam a tudo o que sai pela vagina "bexiga caída", mas pode não ser a bexiga que espreita...


Um prolapso pode surgir de rompante ou em passinhos de lã!! A mulher pode notar uma sensação de peso, a vagina preenchida, uma bola...uma sensação deveras desagradável...


Geralmente o prolapso vai-se construindo ao longo do tempo, e o ponto de partida é na grande maioria das vezes a gravidez ou parto...

Como se nada fosse, no pós-parto imediato a mamã começa por carregar o seu bebé, o ovo e mais umas traquitanas... tudo junto pesam mais do que ela. Enquanto há mãos nós conseguimos!!!

Como (super)mulher e mães exemplares que esperam que sejamos, temos que ter casa imaculada, corpo impecável, sorriso na cara, e tudo controladinho!!

Para fazer jus ao que vamos vendo acontecer às socializes nas redes sociais, todas lindas, magras e belas e com a barriga colada às costas uma semana depois do parto, elas fazem pinos, elas correm, elas fazem tudo e mais alguma coisa...vamos para o Ginásio! Treinamos forte, fortemente até as forças permitirem, não respeitamos os nossos timmings e muito menos as condições das nossas valentes vaginas. Acabamos por fazer actividades com muito impacto, e vamos colocando pressão que o pipi não tem capacidade para aguentar...

Pode não ter sensações estranhas inicialmente, mas é como se os orgãos estivessem suspensos por "cordas" (ligamentos). E quando os músculos do pavimento pélvico estão fracos, com pouca resistência e/ou desprogramados pela gravidez e parto não conseguem reagir e dar suporte a essas "cordas"... e como um tecido que quando é sujeito a inúmeros esticões vai esgaçando ou rasgando...os ligamentos vão cedendo... Assim vão esticando estas "cordas" e algo (orgão) vai aparecendo na entrada da vagina.

Mas não é só a gravidez e parto que são impiedosos, a postura aqui também tem todo o mérito que merece... tudo o que aumente a pressão dentro do nosso abdómen, muitas vezes ou muito tempo, vai instigar a "fuga" de um orgão da nossa pélvis...


Quando a mulher coloca a mão na vulva para tentar perceber o que se passa, fica em sobressalto...que vulto é este que não morava aqui antes!! Que faço eu agora?!

Vai depender do tempo que permite passar, que se mantém em silêncio na expectativa de ter as respostas ao que pode acontecer se não fizer nada, a quem recorrer?! enquanto ganha coragem para tomar acção...enquanto isso ele vai avançando...

Quando um prolapso ainda é um prolapsinho ainda há muito a fazer em prol da integridade do nosso pipi através da fisioterapia! Antes da cirurgia que tantas vezes é sugerida sem se tentar mais nada, como se fosse a única e maravilhosa solução...


Eu aposto na prevenção!! Atenção a todos os pipis, são chamados à inspecção...


Com carinho

A vossa Fisioterapeuta do Pipi

Ana Carina Portugal


17 visualizações

FISIOHANDME

Praceta José Regio, nº4 | Setúbal

 

fisiohandme@gmail.com 

 

 934843072

  • Fisiohandme Instagram
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - Grey Circle