Pag.15 | Só me quero sentir normal no sexo... A minha vagina não quer colaborar...



Querido diário


Este pensamento surge muitas vezes ligado a pipis que têm algo com eles que não permitem que algo passe da entrada. A vagina não quer receber e faz questão que toda a vizinhança saiba. Todo o corpo protege, fecha-se, contrai, afasta...


Dor na vagina, nada entra....mas existe alguém com isso?? Nunca ouvi falar!! pois é, mas lá porque não se fala, não quer dizer que não exista!!!! Existe esta realidade fechada debaixo de muitas camadas de roupa... Quem me está a ler e passa por esta situação sabe do que estou a falar. Sente-se como se fosse a única assim, incompleta, que está avariada, que é menos mulher...só quer ser normal... E pergunto o que é normalidade no sexo? Será que existe?!

Estas mulheres, não falam com franqueza a ninguém sobre o que se passa com elas. E quando o fazem, muitas vezes (aliás mais do que aquelas que seria desejável) não têm a compreensão que merecem. Existem pessoas que perdem uma boa ocasião para se remeterem ao silêncio. Pois as palavras nestes casos ferem mais do que curam, e só vão vincular ainda mais uma ideia que não é verdadeira...

Todas nós temos capacidade para receber, para deixar entrar...permitir e vivenciar. Podemos aprender a fazê-lo. Temos que conquistar sobretudo a confiança da nossa querida vagina.


Em tratamentos, vamos estar ali as duas por esta mulher, que se sente incompleta, diferente de todas as outras, vamos sempre ao seu tempo! ao seu comando em tudo! ao seu ritmo... a fluir pelo tratamento...sem objectivos rígidos, sem pressão de nada! Estamos as duas para que se (re)descubra... para explorar as nuances da sexualidade feminina, para ganhar conhecimentos sobre si e sobre todas as mulheres, um caminho para confiar no próprio corpo e nos outros...com empenho e carinho não leva assim tanto tempo quanto se pensa.


Quero muito que todas as mulheres sejam livres!! livres para experiênciar o corpo sem condicionamentos. Não ter medo da vulnerabilidade e da entrega.

Início aqui um Manifesto por vaginas vibrantes, disponíveis e colaborantes com o prazer das mulheres... Porque nós merecermos!!

Com carinho

A vossa fisioterapeuta do Pipi

Ana Carina Portugal

0 visualização

FISIOHANDME

Praceta José Regio, nº4 | Setúbal

 

fisiohandme@gmail.com 

 

 934843072

  • Fisiohandme Instagram
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - Grey Circle