Pag.3 | O que diz a tua vagina hoje e outros dias...

Atualizado: Abr 13


Devemos conhecer a voz da nossa vagina e tratá-la por tu!!

Nós conseguimos identificar perfeitamente a sensação de quando temos fome, é uma aprendizagem que vamos fazendo ao longo da vida, fazemos desde cedo associação entre sensação e necessidades do nosso corpo. É a voz do corpo, a sua forma de comunicar.

Mas no caso do “vaginez”... é outro assunto!!!

Quem o ouve, tenta ignorar ao máximo, quer calar essa voz, porque não quer ter que procurar ajuda para tratar dessas questões. São muito íntimas, são demasiado privadas, e são situações que quase sempre despertam o sentimento de vergonha, o corpo é invadido por uma grande sensação de vulnerabilidade. Por isso sim, é normal que a mulher tente adiar...calar...tenta ignorar ao máximo até não conseguir mais... não sabe quem vai encontrar para cuidar da sua intimidade, situações que se estranham no mundo real.

Depois do primeiro passo, depois de começar os tratamentos a perspectiva muda!

Muda tanto que a maioria das vezes começam a ansiar a hora da consulta em vez de a evitar...a sessão acaba por ser um momento que as nutre. Nutre um lado feminino desconhecido, esquecido ou calado que nos faz tanta falta...

Não calem as vossas vaginas, deixem-nas falar, ou até gritar se elas precisarem...Oiçam com atenção, aprendam o seu dialecto, dêem-lhes a atenção que elas merecem, entendam-nas, mimem-nas...

Por isso sim, pratiquem o vaginez, e não tenham medo de procurar ajuda... e já dizia o outro vagina feliz, vida feliz (ou seria mulher)😉

O que te disse a tua vagina hoje? ela está bem? Sente-se feliz! Pergunta-lhe...

Com carinho

A vossa Fisioterapeuta do pipi

Ana Carina Portugal

#mulheres #dorrelaçõessexuais #disfunçãosexual #sexualidade #pavimentopélvico #incontinênciaurinária

FISIOHANDME

Praceta José Regio, nº4 | Setúbal

 

fisiohandme@gmail.com 

 

 934843072

  • Fisiohandme Instagram
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - Grey Circle